segunda-feira, 8 de outubro de 2012


Pato no Tucupi

Sábado foi dia de juntar amigos do Pará para comer Pato no Tucupi aproveitando a proximidade do Círio de Nazaré, e seguindo a tradição paraense – Círio e pato, tudo a ver. Melhor impossível. A colônia paraense reuniu-se na casa do casal Suelene e Jairo, e como não podia deixar de ser, regado de Karaokê e muita caipirinha. Pato feito no fogão de lenha. Um toque de “mineirice” ao prato. 

Em tempo, no mercado central encontram-se todos os ingredientes. Ninguém precisa ir ao Pará para buscá-los. Mas, se resolver ir até lá, com certeza não vai arrepender-se. Belém é uma cidade acolhedora e com muita opção para quem gosta de bons restaurantes. bares e sorveterias de dar água na boca. Ah, e aproveita para rezar um pouquinho para a Virgem de Nazaré. A Basílica é linda!!

Para quem quiser experimentar, é só seguir o passo a passo.

Ingredientes
1 pato de 3 kg
3 litros de tucupi
5 maços de jambu
10 dentes de alho
2 cebolas
1 maço de chicória do Pará
sal a gosto
2 tomates
2 limões
1 pitada de pimenta do reino
1 colhe de manteiga
2 colheres de azeite
pimenta de cheiro
Mão na massa
Limpe o pato e o lave com algumas folhas de chicória e limão.
Deixe-o de véspera na vinha d'alho com alho, sal e pimenta-do-reino.
Corte-o em pedaços e leve-o ao forno com marinada, a cebola, tomate bem picados, a manteiga e o azeite.
Ferver o tucupi com sal, dentes de alhos inteiros apenas amassados.
Lave-o bem o jambu, retire as flores quando houver. Afervente-o em água e sal até amolecer, escorra e coloque-o no tucupi.
Quando o pato estiver macio e dourado, junte-o ao tucupi com o jambu e deixe-o cozinhar até ficar bem macio.
Sirva-o com farinha de mandioca paraense e arroz branco

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Nossa, estive tão ocupada nos últimos meses que deixei de lado este projeto que comecei com muita alegria. Manter um blog é mesmo uma missão de fé. Mas, vamos deixar de blá,blá,blá e retomar nosso papo  Apesar de estar sumida, tenho feito algumas comidinhas gostosas e  fáceis. Veja esta panqueca chinesa que fiz num piscar de olhos. Rápida, bonita e deliciosa. Um lanche pra lá de especial.


Panqueca Chinesa
Recheio
·         900 g de carne moída
·         2 cebolas raladas no ralo fino
·         cebolinha verde picada e sal a gosto
Massa
·         250 g de farinha de trigo
·         125 ml de água (½ xícara de chá)
·         sal a gosto
Mão na massa
Recheio
Em uma tigela misture 900 g de carne moída, 2 cebolas raladas no ralo fino, cebolinha verde picada e sal a gosto, misture bem e reserve.
Coloque em uma tigela 250 g de farinha de trigo, 125 ml de água, sal a gosto e sove a massa até obter uma massa elástica e homogênea. Divida a massa em 3 bolas iguais. Pegue uma das bolas e em uma superfície enfarinhada abra-a com a ajuda de um rolo, polvilhando farinha de trigo sempre que necessário para que a massa não grude no rolo e nem rasgue. Vá abrindo até formar um disco bem fino. Com a ponta de uma faca faça um corte do centro do disco até a borda. Distribua a carne moída (reservada acima) em ¾ da massa, espalhando em uma fina camada. A parte da massa que ficou sem recheio dobre, por cima de ¼ de massa, alinhando a borda. Esta parte dobrada, dobre novamente sobre a outra parte da massa e pressione levemente as bordas.  Leve ao fogo médio em uma frigideira rasa, untada com um fio de azeite por 5 minutos, pressionando levemente, ou até dourar. Vire a panqueca e deixe por mais 5 minutos pressionando levemente, ou até dourar e a massa ficar crocante. Sirva imediatamente.

domingo, 17 de junho de 2012


Jantar da sexta

A gente tem um grupo de amigos que se reúne uma vez por mês para colocar a conversa em dia e como não poderia deixar de ser, tomar vinho e saborear bons pratos. Sexta-feira foi a minha vez de preparar o jantar e é claro que eu procuro esmerar ao máximo. Tanto no cardápio como nos arranjos da mesa. Até porque, o que agrada aos olhos aguça  o paladar, não é mesmo?
O cardápio ficou muito bom, modéstia às favas, (rs) e muito fácil caso alguém queira se aventurar. Além de guacamole, pesto e suflê de queijo para beliscar, servi como entrada uma salada de mini penne com rúcula, hortelã, manjericão, alho poró e tirinhas de peito de peru defumado servida na folha de radichio. O prato principal foi salmão ao creme de leite e cogumelos frescos acompanhado de purê de inhame. Ah, a sobremesa foi creme de chocolate branco com mousse de chocolate meio amargo e molho de pistache. . Hunnnnnnnnnnnnnnn foi de chamar os cachorros...

Olhem as receitas ai, Grazi e Carol.

Salada de Mini Penne

Ingredientes

4 xícaras de mini penne cozidos al dente;
Folhas de radicchio (1 por pessoa);
200gr de alho poró cortado em rodelas finas (deixe-o em água gelada até a hora de servir para não perder a crocancia);
Hortelã e manjericão o quanto goste;
1 maço de rúcula sem os talos e picada malmente;
200gr de peito de peru defumado cortado em tiras;
1 bandeja de tomates cereja partidos ao meio;
Mussarela de búfala em bolinhas;
Sal e pimenta do reino o quanto goste,
4 colheres de azeite extra virgem

Mão na massa

Tempere a massa ainda quente com o azeite, manjericão, hortelã, sal e pimenta. Deixe esfriar.
Misture a rúcula, a mussarela de búfala, o peito de peru, alho poró e os tomates e por último a massa. Leve a geladeira por uma hora. Sirva na folha de radicchio.

Salmão ao creme de leite e cogumelos fresco

Ingredientes

1 filé de salmão sem a pele e cortado em pedaços;
Caldo de um limão siciliano;
Bouquet garni de alecrim, salsinha e cebolinha;
500ml de creme de leite fresco;
1 bandeja de cogumelos frescos;
2 colheres de sopa de farinha de trigo;
1 colher de sopa de manteiga;
1 litro de leite;
1 tablete de caldo de legumes;
Noz moscada ralada;
2 folhas de louro;
1 copo de requeijão;
Sal, pimenta do reino a gosto.

Mão na massa

Temperar o salmão com o caldo do limão, o sal e a pimenta do reino e o bouquet garni. Deixe descansar 1 hora, retire o bouquet e leve-o ao forno aquecido para grelhar. Cuide para que não resseque.
Numa panela anti aderente, frite a farinha de trigo na manteiga e coloque o leite mexendo sempre para não empelotar. Coloque as folhas de louro e a noz moscada para aromatizar o creme. Deixe engrossar. Experimente o sal e desligue o fogo. Acrescente o creme de leite fresco. Numa travessa que possa levar a mesa, coloque o salmão e cubra-o com o requeijão e com o molho. Leve ao forno para gratinar.
Passe os cogumelos no azeite e quando retirar o salmão do forno coloque-os por cima.   






terça-feira, 12 de junho de 2012


Temporada de Inverno 3 – Caldos

Ufa!! Enfim, de volta ao blog com receitas deliciosas de caldos para aquecer nossas noites juninas. Também boa sugestão para o dia dos namorados caso queira ficar em casa, curtindo numa boa.

Caldo de Bacalhau

Ingredientes

400gr de bacalhau
500gr de batata
1 copo de leite
600gr de creme de leite fresco
1 xícara de queijo parmesão ralado
1 cebola ralada
2 dentes de alho picadinho
1 colher de café de noz moscada
6 colheres de azeite extra virgem
1 colher de sopa de manteiga
Cebolinha e salsinha bem picadinhas
Sal e pimenta do reino a gosto.

Mão na massa

Dessalgar o bacalhau deixando-o de molho por 12 horas. A seguir, fervente-o e retire as espinhas e as peles.
Cozinhe as batatas e bata no liquidificador com o leite.
Numa panela coloque o azeite e a manteiga, refogue a cebola, o alho e o bacalhau. Deixe cozinhar até que o bacalhau esteja bem sequinho.
Acrescente o creme de batata e se necessário coloque mais um pouco de leite e deixe ferver. Prove o tempero, coloque a noz moscada, a pimenta do reino, o queijo e por último creme de leite. Decore com a cebolinha e a salsinha.

Caldo de Mandioca com carne seca

Ingredientes:

1kg de mandioca cozida
2 copos de leite
50gr de manteiga
1 copo de requeijão
500g de carne seca cozida e desfiada
4 colheres de azeite extra virgem
Queijo parmesão ralado
Sal e pimenta do reino a gosto



Mão na massa

Amasse a mandioca com um espremedor de batatas e retire os talos.
Junte o leite aos poucos até ter um creme mole.
Numa panela refogue o azeite, a manteiga e a cebola e junte a carne desfiada.
Acrescente o creme de mandioca, o requeijão e o queijo ralado. Caso precise, coloque um pouco mais de leite.  Prove o tempero, decore com cebolinha picadinha e sirva bem quente.


quarta-feira, 16 de maio de 2012


Temporada de Inverno 2 – Festival de Fondue

Dando sequencia a Temporada de Inverno, algumas sugestões de fondue para aquecer os corações. Aproveite o dia dos namorados e experimente. Com certeza sua noite será inesquecível.
Para preparar uma boa mesa, tenha pelo menos duas panelas e garfos apropriados para fondue, alguns potes para os molhos, pratos individuais, tábua para a carne cortada em cubos, cesta de pães, uma escumadeira pequena para retirar algum pedaço de carne que caia na panela.
Pode escolher vários tipos de carne como de boi, cordeiro, aves, com textura delicada e sem gordura. Eu prefiro filé mignon por ser bem macio e não ter gordura.
Calcule 200grs de carne por pessoa. Outra dica bacana é não colocar ervas e nem temperar a carne antes de fritá-la.
O sal desidrata a carne provocando muita água e fazendo o óleo espirrar. As ervas queimam e deixam um aroma desagradável ao ambiente.Temperar e saborizar a carne é função dos molhos.
Para dar um gostinho todo especial à carne, coloque rodelas de cebola no fundo da vasilha onde vai colocá-la e regue com azeite de oliva extra virgem. Prepare pelo menos 4 tipos de molhos e não se esqueça de colocar um molho de pimenta também.

Sugestões de molhos

Molho de iogurte
ü  1 xícara (chá) de iogurte desnatado
ü  1 xícara (chá) de vinagre de maçã
ü  1/2 colher (sopa) de salsinha picada
ü  1/2 colher (sopa) de cebolinha picada
Misture bem todos os ingredientes e leve à geladeira até a hora de servir.
Molho tártaro
ü  Maionese a gosto
ü  1/2 unidade de pepino em conserva picado fino
ü  1 colher (sopa) de pickles picado fino
ü  1/2 colher (sopa) de salsa picada fina
ü  1 colher (chá) de conhaque
ü  Suco de limão, o quanto goste.
Numa tigela, misture a maionese com os demais ingredientes junte o suco de limão o suficiente para obter  uma mistura com consistência um pouco mais cremosa que a da maionese. Conserve o molho coberto na geladeira, mas deixe-o descansar em temperatura ambiente antes de servir.
Molho rosé
ü  3 colheres (sopa) de catchup
ü  2 colheres (sopa) de creme de leite
ü  1/2 xícara de leite
ü  1 colher (sopa) de queijo parmesão
ü  3 colheres (sopa) de maionese
ü  Sal a gosto
Coloque o catchup, o creme de leite, o leite, o queijo e o sal em uma panela e mexa vigorosamente para não encaroçar. Deixe cerca de 5 minutos no fogo para cozinhar a maionese.
Molho de mostarda
ü  Sal a gosto
ü  2 colheres (sopa) de azeite
ü  1 colher (sopa) de mostarda
ü  3 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
ü  Pimenta-do-reino a gosto
Bata todos os ingredientes até obter um creme.
Molho de alcaparras
ü  1/2 xícara de maionese
ü  1 colher (sopa) de cebola picada
ü  1 colher (chá) de alcaparras picadas
ü  2 colheres (sopa) de creme de leite
ü  1 colher (sopa) de iogurte natural
Misture tudo e sirva em seguida.

Fondue de Queijo

ü  800 g de queijo gruyere ralado
ü  400 g de queijo emmenthal ralado
ü  1 dente de alho sem casca partido ao meio
ü  1 xícara (chá) de vinho branco
ü  1 colher (chá) de suco de limão
ü  2 colheres (chá) de maisena
ü  4 colheres (sopa) de leite
ü  4 colheres (sopa) de vodca
ü  3 pitadas de pimenta-do-reino
ü  1 pitada de noz-moscada

Mão na massa
Esfregue o alho na parte interna de uma panela própria para fondue, isto vai dar um toque especial a fondue sem comprometer o sabor do queijo.
Coloque o vinho e o suco de limão e leve ao fogo até amornar.
Reduza o fogo, junte os queijos e mexa bem até começar a derreter.
Adicione a maisena dissolvida no leite e continue a cozinhar, mexendo sem parar, em movimentos na forma de 8 para o queijo não ficar em ponto de fio.
Acrescente a vodca, a pimenta e a noz-moscada.
Misture por mais 2 minutos ou até ficar cremoso.
Transfira a panela para o fogareiro e leve à mesa.
A fondue deve continuar a ferver.
Sirva com pedaços de pão, de preferência os de casca dura, como o pão italiano. Outro acompanhamento que fica uma delicia é batata cozida cortada em cubos grandes.
Espete-os no garfo próprio para fondue e mergulhe no queijo.

Fondue de chocolate

   500g de chocolate meio amargo
     2colheres (sopa) de manteiga
   1 xícara de creme de leite fresco
   1/4 xícara de leite condensado

Mão na massa

Coloque na panela o leite condensado, a manteiga e o creme de leite. Leve ao fogo baixo para que comece a ferver. Acrescente o chocolate picado e misture bem até o chocolate esteja  derretido.Transfira para o aparelhode fondue e sirva acompanhado de, pelo menos 4 frutas.
Eu adoro morango, abacaxi, maça, kiwi, banana, manga e uva sem caroço.



quinta-feira, 10 de maio de 2012





Melhor do que ficar debaixo do edredom com a chegada do inverno é preparar uma deliciosa noite com e queijos e vinhos, fondue ou, simplesmente uma noite de caldos. O que importa é reunir os amigos e deixar a conversa rolar.  Por isso me veio a ideia de dar algumas sugestões para cada uma dessas noites e vou chamá-las de Temporada de Inverno 1, 2, 3. Sendo assim, que tal seguir algumas sugestões para que essas noites sejam um sucesso?

Temporada de Inverno 1- QUEIJOS E VINHOS

ü  Comece comprando os queijos de véspera. Eles devem ficar na geladeira e na embalagem original;

ü  Calcule em média 200grs por pessoa levando em conta todos os tipos de queijo;
ü  Uma tábua bacana deve ter 20% de queijos de mofo branco como o brie, 10% de queijos de mofo azul como o gorgonzola, 10% de queijos tipo suiço como o gruyère, 30% de queijos suaves como o gouda, 15% de queijos fortes como o parmesão e ainda 15% de queijos cremosos com sabores;
ü  Retire-os da geladeira 2 horas antes de servi-los para que eles recuperem a textura e o sabor. Se for servir queijo fresco, estes só devem ser retirados somente na hora;
ü  Coloque uma faca para cada tipo de queijo. Assim evita a mistura dos sabores;
ü  Não se esqueça de uma bela e boa cesta de pães.  Eles se dão muito bem tanto com os queijos quanto com os vinhos. Evite os temperados. Prefira os de centeio preto, mini baguete, pão italiano e o velho e delicioso pão francês. As torradas são super bem-vindas como acompanhantes dos queijos cremosos;
ü  Ofereça pelo menos quatro opções de vinhos que podem ser encorpados como Merlot ou Bordeaux, jovens como Pinot Noir e brancos secos como Sauvignon Blanc. Calcule ½ garrafa por pessoa, ou melhor, conhecendo os amigos que tem é fácil calcular a quantidade sem risco de zerar a adega;
ü  Água com e sem gás não pode faltar. Ela ajuda a equilibrar o sabor dos queijos e dosar o teor alcoólico do vinho;
ü  As frutas como uvas, maçãs, peras, podem e devem ser usadas tanto na degustação quanto na decoração. Evite as frutas ácidas;
ü  A ocasião merece um ambiente aconchegante. Diminua a luz, espalhe velas e não esqueça as flores;
ü  Use e abuse na arrumação da mesa. Guardanapos, talheres, taças e copos, saca rolhas podem ficar num canto da mesa ou numa bancada a parte.

Lembre-se que o mais importante é seu toque pessoal na hora de receber seus convidados.


domingo, 6 de maio de 2012


Hoje,faz um ano que minha  amiga partiu. Me é muito difícil conviver com esta ausência. Na maioria das coisas que vou fazer a impressão que tenho é que ela está sempre por perto e me endossa no que eu vou postando. Pois é, 6 de maio,véspera do dia das mães a Lucy foi morar no céu e me deixou aqui, na terra, cheia de saudades.  Ainda não consigo me conformar com esta ausência. Sei que vai passar, mas enquanto isto não acontece fico lembrando as coisas boas que construímos juntas. E, por incrível que pareça nós também tínhamos uma comunhão impar na cozinha. Com ela  eu aprendi a fazer a torta alemã e o pudim de atum, isto há mais de 15 anos em Carajás. Foi a irmã que a vida me deu de presente.

Torta Alemã

Ingredientes

ü  250 g de manteiga sem sal
ü  200 g de açúcar refinado
ü  3 gemas
ü  2 latas de creme de leite geladas (480 ml)
ü  1 colher de sopa de essência de baunilha (10 ml)
ü  1 colher de sopa de leite (15 ml)
ü  1 colher de sopa licor de chocolate (15 ml)
ü  2 pacotes de biscoito de maisena

Mãos na massa
Bata na batedeira a manteiga, as gemas e o açúcar até obter um creme quase branco
ü  Enquanto isso, separe o soro e o creme de leite, reserve (tanto o soro quanto o creme de leite)
ü  Junte o creme de leite ao creme de manteiga e mexa bem
ü  Em uma vasilha a parte, mistura o leite, o licor e o soro reservado
ü  Forre o fundo e as laterais de uma forma (de preferência de fundo falso) com filme plástico
ü  Molhe os biscoitos na mistura do soro e forre o fundo e as laterais da forma
ü  Espalhe parte do creme, coloque outra camada de biscoito, e assim por diante.
ü  Termine com uma camada de biscoito